#LeadYoung: Rhenan Cauê, 13 anos, mobiliza jovens, comunidades e governos para recuperar e falar sobre a região do rio Araguaia no Brasil

Apaixonado pelo meio ambiente, Rhenan busca promover a saúde dos ecossistemas e comunidades ao longo das margens dos rios, praticando empatia e trabalho em equipe - e gerando transformação

Os objetivos dos agentes de transformação podem começar no local, mesmo dentro de sua própria casa, mas podem se expandir regional e globalmente. Começando com uma iniciativa para limpar um pequeno rio local, Rhenan e seu time estão embelezando as margens do curso d’água e defendendo políticas de proteção ambiental para garantir a saúde e a longevidade da região do rio Araguaia. A trajetória do jovem nos conta uma incrível história de um como sua paixão ambiental está se transformando em um movimento regional para um mundo sustentável e mais limpo.

Rhenan tem 13 anos, nasceu em Conceição do Araguaia, no Pará, e atualmente vive na cidade de Araguatins, no interior do Tocantins. Em sua infância, Rhenan passou vários anos vivendo em uma comunidade rural. Desde pequeno, a curiosidade de Rhenan atingia o máximo nas aulas de ciências, especialmente quando se aprende sobre o meio ambiente. Um dia, seu pai, em uma rotina diária de trabalho, colidiu seu trator com um mastro, causando um incêndio elétrico que destruiu a fazenda da família, incluindo todas as hortaliças e animais. Esta catástrofe, de acordo com Rhenan, foi o momento em que ele percebeu que queria agir em relação à sua paixão ambiental.

Quando sua família se mudou de volta para perto da cidade, Rhenan ficou impressionado com a poluição ao longo da margem do rio que atravessava o meio de sua comunidade. O rio Araguaia, um dos grandes rios brasileiros, tem mais de 2 mil quilômetros e passa por quatro estados do país. Garantindo o sustento de milhares de famílias e assegurando o abastecimento de água das cidades e fazendas, o ecossistema em torno do rio depende da saúde do rio para sobreviver. No entanto, nos últimos anos, o agronegócio, a sobrepesca, a habitação informal ao longo das margens dos rios e uma relação predatória estabelecida entre os seres humanos e a natureza destruíram coletivamente a biodiversidade e aumentaram significativamente a poluição ambiental.

Motivado pela ideia de um mundo sustentável e mais limpo, Rhenan organizou uma equipe para limpar as margens de um dos afluentes do Araguaia, o córrego Brejinho, que corta sua cidade, Araguatins. Chamado de Projeto de Revitalização e Recuperação do Córrego Brejinho, o resultado inicial de seu trabalho coletivo foi a remoção de quase 1 tonelada de resíduos das margens. Hoje, seu projeto está focado em mobilizar mais jovens para limpar rios da região, engajar funcionários do governo local para apoiar políticas de proteção ambiental e embelezar o espaço ao redor do rio em sua comunidade com a criação de um parque ecológico. Ele conseguiu parceiros sociais em toda a região, como a polícia, agências ambientais, órgãos governamentais e universidades, para tornar sua visão em realidade.

Nas minhas pesquisas, descobri que o córrego antigamente fez parte da vida dos moradores. Esse é um dos principais motivos pelos quais escolhi revitalizá-lo. Como minha cidade é pequena, eu fui de porta em porta, consegui parceria com o Corpo de Bombeiros, Polícia Ambiental, Polícia Civil, Promotoria de Justiça, outras escolas, faculdades e Prefeitura Municipal” .

Rhenan Cauê Barbosa Batista, 13 anos, criador do Projeto de Revitalização e Recuperação do Córrego Brejinho

 

Rhenan está se tornando um defensor nacional do meio ambiente. Ele foi indicado como delegado na Conferência Estadual da Escola Ambiental no início de 2018. Demonstrando sua seriedade e capacidade de mobilização de jovens, passou a representar sua região no palco nacional da Conferência na cidade de Sumaré, em São Paulo. Foi lá que ele conheceu Edgard Gouveia, um empreendedor social da rede da Ashoka, que o inspirou a expandir seu trabalho. Desde setembro de 2018, a equipe de Rhenan busca promover consciência ambiental em mais comunidades na região de Araguatins, concentrando sua atenção na poluição dos rios, ações de combate a doenças como dengue e hanseníase e na mobilização de jovens para participar da mobilização climática internacional.

O trabalho de Rhenan engaja mais jovens para lutar pelo meio ambiente e abraçar seu espírito de mudança.